thinking

Saber situar-se neste mundo de alegrias e tristezas em que vivemos não é tarefa fácil. Muitas vezes estamos rodeados de gente, mas completamente sozinhos. Sentir a fragilidade das coisas e a pouca importância do que fazemos é para poucos. E mesmo sabendo que a vida é injusta, somos capazes de ter perspectivas. Vamos seguindo, usufruindo dos momentos de prazer e ilusão que o viver nos propicia. E na medida do possível (quase sempre) amamos. Nos prendemos eternamente em cordas humanas e sobrevivemos. A compulsão de viver vence tudo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: