wanting waiting hoping

Há anos que cultivo uma antipatia pelas festas de fim de ano. Não sei dizer quando isso começou especificamente. Como me incomoda essa imposição da mídia, da sociedade, dos colegas de trabalho (e seja lá de quem for) de que é obrigatório estar feliz no Natal e, principalmente, em noites de fim de ano! Parece exagero, mas vejo essa euforia toda como uma pasteurização dos sentimentos, das celebrações. Se não gosto de festas de passagem de ano, não gosto e ponto. Se não estou feliz é porque estou triste e ponto. Eu não tenho vergonha alguma. Para o meu total desespero, passei o dia sendo julgada e ridicularizada por não querer celebrar a passagem de ano, por encarar o dia de hoje como um dia qualquer, de querer sair do trabalho e simplesmente ir pra casa, fazer meu lanche e dormir.

Não é que eu seja “do contra”, nem amargurada. Talvez daqui alguns anos e em outras circunstâncias eu esteja eufórica nessa época. Talvez eu pare de tentar esconder a data do meu aniversário e fugir das festas de amigo-secreto. Pessoas são assim, complicadas, chatas, intrigantes. O único problema é que muita gente espera que a gente seja o que todo mundo sempre espera. No fundo, no fundo, eu sou assim, melancólica. Mas, no fundo, no fundo, eu sou sonhadora. E quando alguns ciclos se fecham e algumas coisas insistem em não acontecer, fica difícil não lembrar o quanto a gente é humano, o quanto a gente ainda vai ter que continuar esperando.

Mas ainda sou daquelas que acreditam que as melhores coisas da vida realmente chegam para quem sabe esperar. Quem sabe numa outra época eu tenha conquistas para celebrar. Quem sabe daqui um ano, dois ou dez eu tenha alguém para dizer “kiss me” nas noites de Ano Novo. Alguém que me faça sentir feliz, que me faça querer dançar, que me faça querer abrir um vinho, que me faça sorrir, que me deixe assumir minha tristeza quando estou triste e não me envergonhar dos meus defeitos – seja em dias de festa, dias de chuva, dias de calor, dias de frio, dias de sol, dias normais. Não tem jeito, há coisas que você pode demorar uma vida pra entender. Há outras, que podem levar a vida inteira para esquecer. E se tudo terminar por aqui, não tem problema. Valeu à pena. Mas acho que não parou por aqui. Pelo menos é o que espero.

Que em 2009 eu possa conhecer pessoas mais humanas, que consigam atingir um grau razoável de entrega e honestidade.
Feliz Ano Novo a todos, de coração.  Beijos

(31/12/2008 – 23h00)

Anúncios

4 Respostas to “wanting waiting hoping”

  1. Leticia Says:

    Oi Pri ! Lembra ainda de mim ? Gosto tanto de ler o que vc escreve ! Imagino que você seja uma pessoa adoravel, de uma sensibilidade admiravel. Me sinto muito bem lendo td por aqui, sabe qdo você percebe que não esta sozinha, que existem pessoas no mundo cheias de sentimentos como vc ? E isso que sinto ! rs. Eu escrevo, muito mal por sinal, mas e como uma terapia …
    Quase tive um enfarto qdo entrei no blog e vc não estava mais la .. rs. Mas ja te achei de novo !
    Um otimo 2009 ! Bjo

  2. Thaís Says:

    Que em 2009 você continue sendo você. Não tenha medo de ser melancólica, sonhadora. Você é uma pessoa especial, única. E que certamente vai encontrar alguém que reconheça isso.
    Embora não pareça, às vezes, há, sim, alguém especial esperando por nós aí fora. Encontrá-lo é uma questão de tempo. Se ainda não o encontramos, é porque a vida está nos preparando para esse momento especial.
    Por isso, minha flor, desejo que você se curta mais neste ano. Há muitas qualidades que você precisa reconhecer em si mesma antes de dividi-las com alguém.
    Muita sorte, alegrias, amores, paz e harmonia durante os próximos 364 dias (e pelos tantos outros que ainda há para se viver!). Precisando de um ombro amigo, conte comigo!

    Um grande beijo!

  3. Leticia Says:

    Oi Pri !!! Obrigada pelo carinho !!!!
    Eu ainda não vi o filme … mas tem um cinema aqui em campinas que ainda esta passando, vou tentar ver esse fim de semana. Dai eu posto o que achei !!! Mas Eu acho q vou gostar … rs

    Bjo grande !

  4. Max Says:

    Olha sabe que vc tem razão por so nesta época todos querem ser bons amigos e etc.. enfim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: