little stuff

De vez em quando é bom viver como se a vida fosse um romance (não qualquer romance, porque tem muita gente que se diz “romântico”, mas não faz idéia do que seja uma atitude romântica) cheio de reviravoltas, tenso, complicado (porque não existe romance sem conflito), mas também regado de fascínio, beleza, sutileza e com uma medida certa de “surpresas”. O bom romântico sabe surpreender, com coisas simples, pequenos gestos, às vezes muito sutis – mas capazes de nos deixar com o coração na mão. É assim que eu me sinto todas as vezes que assisto (já perdi a conta) à esta cena: com-o-coração-na-mão.

( Hoje acordei com o coração na mão.)

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: